Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / "Água para todos, mas, com critérios" O Grito de Bonito de Santa Fé

"Água para todos, mas, com critérios" O Grito de Bonito de Santa Fé

por toninhobsf — última modificação 23/06/2015 11h41
"Água para todos, mas, com critérios" O Grito de Bonito de Santa Fé

Água para todos!

O Ato Público realizado, com a participação extraordinária da população, não teve por objeto IMPEDIR o uso da Água do Bartolomeu, Pereiros ou qualquer outro manancial local, pelas pessoas que moram nas vertentes, e, sim buscar CRITÉRIOS neste uso.  

É que as ocorrências de soltas das águas, obedece, decisão judicial de 1993, quando o açude tinha potencial hídrico relativo ao da sua construção que importava na média cumulativa de 17.000.000 ( dezessete milhões) de metros cúbicos, diferente de hoje que deve ter sofrido ASSOREAMENTO médio de 10% (dez por cento), fazendo crer a existência em tempo normal de 15.000.000 (quinze milhões), e neste instante, segundo a própria AESA, se mantém com 8.900 (oito milhões e novecentos), que a considerar o Assoreamento anunciado, deve ter de 6 a 7 milhões, na verdade, enquanto a visão técnica indica que ao chegar a 8 milhões, não poderá mais haver soltas.

O Ato realizado, não buscava apenas este objetivo, mas outros como: Cuidados da CAGEPA que está falhando no abastecimento, por queima de motor, que à população paga para ter; responsabilização aos órgãos responsáveis pelo desassoreamento, implantação de matas ciliares; revisão do Projeto de Transposição do São Francisco, incluindo uma entrada pela nascendo verdadeira do Rio Piranhas; enfim, cuidados da própria sociedade no uso da Água.

Não houve qualquer atitude de EGOISMO ou de falta de SOLIDARIEDADE, se tornando uma visão equivocada de autoridades e pessoas comuns, que possam alegando outras finalidades que não seja a buscada "Água para todos, mas, com Critérios" .

O Ato Público gerou um documento base, que foi encaminhado as autoridades que integram a CADEIA DE COMPROMISSO com os cuidados com as Águas na Paraíba, e a convocação de uma AUDIÊNCIA PÚBLICA na Câmara Municipal no dia 14 de Dezembro as 7 da manhã, de onde sairá a HIDROCARTA de Bonito de Santa Fé, e culminará com a propositura de nova AÇÃO POPULAR, no intento de reformular a sentença daquela que para os usuários está considerada com objetos que não interessam nos dias atuais, causando prejuízos na condução do feito.

A Comissão é formada pelos Senhores FRANCISCO CARLOS DE CARVALHO (9971-6430), Vereador da Bancada de Governo e Presidente da Câmara; JOSÉ CARLOS DE OLIVEIRA (9802-1845) - Vereador da Bancada de Oposição; PROFESSOR DJACIR MOREIRA (9669-6695 - Vereador Eleito; e pelo Vigário da Paróquia o PADRE FRANCISCO GERALDO (9936-1031).